quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Eu quero é botar a boca no trombone!

Ontem noso Presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, completou 64 anos de idade, bem vividos. A banda da Guarda Presidencial prestou sua homenagem tocando o Parabéns Para Você. Nosso Première (ui!), alegrinho, arriscou alguns acordes de trompete. Meu querido Presidente: o senhor pôs a boca no trompete e eu quero por a boca no trombone!

Meu vizinho ficou desempregado ha 6 meses...Sai todos os dias à cata de trabalho e não consegue. Um amigo com Pós-Doutorado fará o concurso para gari...Minha empregada doméstica tem que acompanhar suas filhas até a escola todo dia pela manhã, porque já foram assaltadas três vezes...

Uma grande amiga está largando o magistério no final do ano. Não consegue se sustentar com R$430, 00 por mês...O Rio de Janeiro está em pé de guerra. No sertão nordestino as crianças andam comendo uma mistura de café com farinha, porque não há outra coisa em casa...Se bobearem são vendidas para a prostituição...

No Congresso Nacional arquivam-se CPIs de tudo que é tipo...Inimigos políticos de outrora se abraçam amistosamente...Deputado é acusado de tráfico de entorpecentes e outras coisinhas...Aí a notíca que mais se comenta é a compra de aviões para a Presidência....Ah, temos a dança da pizza também. Felizinhas as pessoas aí em Brasília, não?

Querido Presidente: que teu aniversário tenha sido muito festivo e que o senhor tenha muito o que comemorar...

Você também quer botar a boca no trombone? Coloque comigo! Me escreva, leia o meu blog e participe!

Se você gostou do texto, irá gostar também de:
Lei da selva em supermercado gaúcho
Caso Polanski
Fernando Collor com a honra manchada???

10 comentários:

LL disse...

Claudia,

Penso que o teu presidente não quer nem ouvir falar em trombone (só lá passou a boca por engano, certamente).

Pena que ele, tão atarefado com a festinha de anos, não possa passar por aqui para discutir os assuntos reais do seu país!

Beijos
Luísa

PS. Eu comento sem problemas no teu blog. Nunca tive nenhuma dificuldade e aparentmente não vejo nada diferente do meu, que também é blogger.

Claudinha disse...

Luísa:
Não tenho dúvida que ele não virá aqui para discutir conosco...Deve estar ocupado comento pizza.
Acho que o problema com os comentários estão ocorrendo só com uma pessoa, então deve ser algo do lado dele realmente.
Obrigada pelos teus comentários!
Bjão!

Principe Encantado disse...

É amiga ele um dia já foi agora ele é o presidente esta fora da classe operária, que importa esses casos para ele, uma pena mais é verdade, que se danem todos menos eu é o pensamento dele.
Abraços forte

Ebrael Shaddai disse...

Tomara q o bolo não tenha sido enviado pela oposição, Presidente!! Senão o piriri vai ser grande!!

Cláudia, e ele faz aniver 2 dias depois de mim!! Como alguem pode fazer festa enqto seu povo morre de fome??

Bjs Cláudia!!

Sissym disse...

Sr Presidente, eu sempre sonhei com um futuro maravilhoso, eu faria parte dele, mas com uma guerra civil instalada na cidade que sediará as Olimpiadas de 2016, preciso rezar para que lá na frente eu ainda me encontre viva!

Leila Franca disse...

Oi Cláudia,

Ainda falta muita coisa. Eu mesma desisti de dar aula porque o salário não compensava pelo tempo que consumia, além da falta de respeito dos alunos que a cada dia piora.

Leila

Claudinha disse...

Sissy!
Eu espero que todos nós estejamos vivos e inteiros em 2016, apesar da torcida contra de nossos governantes!
Pior do que está acho que não fica, então tenho esperanças que tudo melhore, que o Rio que é lindo brilhe em 2016!
Bjão!

Claudinha disse...

Leila!
Falta uma infinidade de coisas, mas se houvesse vontade política, creio que conseguiríamos criar um país forte, com um povo feliz!
Dar aula é profissão de fé hoje em dia! Para que? Ganhar pouco e apanhar ainda por cima?
Bjão!

Al.way disse...

Eu já nem ligo a TV mais porque não tenho mais estômago para ver cara de político. Sõ de dar asco.

Claudinha disse...

Al.way!
Pois é, dá nojo, mas faço questão de olhar para a cara deles e saber em quem não votar nas próximas eleições!
Bjão!