sábado, 2 de janeiro de 2010

Eu nunca encontrei com um grunge...

Sempre que ouço falar em Emo, Patrícias, Góticos e Grunges fico me perguntando: mas que xongas são essas? Em minha casa Emo era sal de fruta! Ou seria Eno? Patrícia é uma amiga e Góticas são algumas catedrais...Agora, grunge????? Meu cérebro mais do que brilhante insiste em dizer:

- Não tem registro, não tem registro!



Eu nunca vi um grunge, nem de longe. Talvez se soubesse o que é ser grunge, poderia até dizer que já vi... O que leio no Aurélio sobre o assunto? Nada! Claro, não é palavra da língua portuguesa, pensarão alguns. Claro que não é,  mas então porque usamos, eu pergunto? E marketing? E shopping? E sale? E off????? Eu te pergunto: pra que offf???

À noite, quando apago as luzes de meu quarto e todos já estão a dormir, rezo a Deus: "oh, meu Deus, porque me fizeste tão ignorante, sem capacidade de domesticação? Sim, pois sou ignorante e selvagem, não consigo me render aos estrangeirismos e às classificações descabidas! Senhor, auxiliai uma pobre coitada a entrar no reino dos céus menos burra, conhecedora de todos os rótulos, anglicismos e galicismos existentes sobre a face da Terra! Auxiliai tua serva a entrar no esssquema!".

Todos os dias rezo...Rezo para entender porque o ser humano não vive simplesmente, no lugar de tentar encaixar todo e qualquer ser vivente em uma categoria...Rezo para saber porque não usamos apenas Centro de Compras, Liquidação...Rezo para entender porque o Inter vendeu o Nilmar, mas isso já está fora de contexto...

Nilmar coloca Inter na liderança isolada do Brasileirão



Deus me atenderá? Diz aí!

Foto do robot do blog "Blog de Brinquedo"  e de Nilmar do site Abril.com

5 comentários:

João Poeta disse...

Oi, Claudinha, não consigo entender o seu sumisso. você deixou muita saudade, sabia? Olhe, no ano de 5.000 da nossa era, vamos ter uma linguagem universal. A linguagem do pensamento. Aí não precisaremos mais das palavras. Quando chegarmos lá, você vai me dizer em pensamento, bem que você me disse isso lá no dihitt no ano de 2010...
Abraços
Jão

Mariana disse...

Olá! Você já ouviu falar na banda Nirvana? É o maior exemplo do que é grunge. O estilo de se vestir surgiu porque o vocalista da banda (Kurt Cobain) ganhava as roupas dos patrocinadores, entre eles a All Star, então ele sempre usava o mesmo estilo de roupa, e isso aliado ao comportamento revoltado gerou o estilo chamado grunge... é mais ou menos isso, espero que eu tenha te explicado bem ;)

Janilton disse...

Kkkkkk

Claudinha, nem eu sei que bicho é esse "grunge", eu agora fiquei curioso para saber. O tempo está passando e essa nova geração vem junto com uma nova linguagem. E nós que somos mais antigos, temos que nos atualizar. Nossa língua portuguesa, que portuguesa não tem nada, foi modificada muitas coisas. Se continuar assim, acho que vamos voltar a estudar. rsrsrs

Abraços!

Claudinha disse...

Mariana!
Sim, já ouvi falar deles, claro. Estava brincando apenas, imaginando como a gente "enquadra" todo mundo para digerir melhor as situações...
Mas te agradeço por ter entrado aqui, em meu espaço, tentando ajudar!
Bjão!

Claudinha disse...

Nós somos mais antigos? Fala por ti Janilton! Rsrsrs! Eu sou jovem há mais tempo! Rsrsrs! Eu pretendo voltar a estudar inglês para entender Português! Rsrsrs!
Bjão!